Blog do Thales Castro - Thales Castro

PSD se enfraquece com saída de Dalton Arruda e reeleição de César Pires se torna mais difícil

– Dalton Arruda e Lahésio Bonfim

O PSD do MA comandado pelo deputado federal Edilázio Júnior, sofreu uma grande baixa com a saída do advogado previdenciarista Dalton Arruda que deve disputar uma vaga no Legislativo Estadual em 2022.

 

Dalton Arruda, que em 2014 disputou para federal pelo antigo PTdoB, obtendo mais de 20 mil votos, declarou no último final de semana que para o governo do estado, vai com o prefeito de São Pedro dos Crentes, Lahésio Bonfim, e que aguardaria a definição partidária do pré-candidato para também realizar sua filiação na mesma legenda.

 

Com uma disputa sem coligações em 2022 e sendo obrigado a montar uma nominata com mais 40 candidatos e ainda obedecendo a exigência da destinação de 30% das vagas às mulheres, o PSD terá muita dificuldade e o maior prejudicado será o experiente deputado César Pires.

 

– César Pires e Edivaldo Júnior em reunião

César Pires em entrevista até tentou passar uma certa segurança, afirmando que com a viabilidade de Edivaldo Holanda Júnior a procura pelo PSD aumentou, porém não cita uma adesão importante, não cita uma filiação que fortaleça o quadro do partido com vistas a 2022.

 

Para piorar a situação do PSD, além da saída de Arruda, a PF realizou nesta terça-feira (27) mais uma operação contra contra a administração de Holanda Junior por desvios de recurso público da Covid-19.

Categoria: Notícias