Maranhão é referência nacional na execução dos serviços do CadÚnico em 2020
Blog do Thales Castro - Thales Castro

Maranhão é referência nacional na execução dos serviços do CadÚnico em 2020

– CadUnico capacitação

Ações coordenadas pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Social (Sedes), como a capacitação de mais de quatro mil trabalhadores do Cadastro Único (CadÚnico), campanhas de adesão a programas socioassistenciais e a aquisição de Equipamentos de Proteção Individual (EPI’s) fizeram o Ministério da Cidadania definir o Maranhão como experiência exitosa no que concerne à garantia dos serviços do Cadastro Único (CadÚnico) para famílias em situação de vulnerabilidade, principalmente durante o período da pandemia.

 

Mais de quatro mil trabalhadores do CadÚnico foram capacitados pela plataforma virtual da Sedes desde o início da pandemia, no mês de abril. Profissionais das áreas da Assistência Social, Saúde e Educação dos 217 municípios receberam formação para manter o bom funcionamento do serviço no estado, como cursos de Entrevistadores do Cadastro, Atendimento aos municípios prioritários (MupS), e Gestores do Programa Bolsa Família.

 

Para o secretário Márcio Honaiser, o investimento em melhorias do cadastro garante a qualidade dos serviços prestados nos equipamentos de Assistência Social, e, consequentemente, no atendimento às famílias beneficiárias.

 

“Buscamos orientar e dar suporte aos trabalhadores da Assistência Social para que, acima de tudo, as pessoas em situação de vulnerabilidade tenham seus direitos garantidos. É importante manter o padrão de atendimento no CadÚnico, que detém as informações essenciais para localizar os usuários dos programas socioassistenciais e assegurar seus benefícios”, explicou o secretário.

 

 

Além das capacitações online, campanhas de adesão a programas sociais como o Auxílio Emergencial e Tarifa Social de Energia Elétrica também foram realizadas.

 

A aquisição de 300 totens com álcool em gel personalizados com informações sobre benefícios sociais, por meio de recursos do índice de Gestão Descentralizada (IGD), teve o objetivo de garantir o cumprimento das normas da vigilância sanitária durante o atendimento das famílias beneficiárias dos programas sociais.

 

Para esclarecer todas as dúvidas dos novos gestores municipais que irão assumir em 2021, a partir de dezembro a Sedes dará início a novos ciclos de capacitação sobre a Gestão do Programa Bolsa Família e sobre a nova modalidade de pagamento do programa através da poupança digital. Além disso, os gestores municipais também serão habilitados, garantindo assim, a continuidade da boa execução dos serviços após as eleições.

Categoria: Notícias