Blog do Thales Castro - Thales Castro

Agora lascou! Diego Sá vai ter que devolver a CAAMA mais de R$ 30.000,00, somente a título de diárias recebidas ilegalmente

Em sessão realizada na noite de ontem, o presidente da CAAMA foi “condenado” a devolver mais de R$ 100.000,00 aos cofres da instituição. Sendo que somente a título de diárias indevidamente recebidas o presidente da Caixa, e pré-candidato à presidência da OAB, Diego Sá, foi condenado a devolver a quantia de R$ 30.700,00.

 

No voto apresentado pelo conselheiro Raimundo Everardo, durante a sessão do conselho seccional da OAB/MA, foi destacado que a diretoria da CAAMA, além de receber o ressarcimento de todas as despesas das viagens que faziam representando a instituição, recebiam também, cumulativamente, diárias em cada viagem.

 

Para piorar a situação, não foram apresentados recibos ou comprovantes de despesas descritas como “adiantamento para viagem” no total de R$ 38.800, e “restituição de viagens” no valor de R$ 32.500,00.

 

A prestação de contas de Sá, de acordo com análise da Comissão de Contas, apresentou ainda, outras situações, no mínimo, inusitadas que apontam, por exemplo, para um gasto, no valor de R$ 169 mil, feito para aquisição de mobília que, de acordo com o próprio pré-candidato, estão armazenadas na sede da Caixa desde dezembro do ano passado.

 

É meus amigos, parece que estão abrindo a “caixa preta” da CAAMA.

Categoria: Notícias