Blog do Thales Castro - Thales Castro

BOMBA, BOMBA, BOMBA: “Vassourada” na Prefeitura de Grajaú

– Mercial Arruda

Mercial Arruda descobre um esquema pesado de irregularidades e de uma só vez, demite auxiliares de inteira confiança do filho dele, Ricardo Arruda.

 

O “Véi ou Pé de Coco”, como é conhecido o Gestor, segundo informações de fontes do Blog, está indignado, se sente traído pelos atos de corrupção.

 

Para tentar minimizar a situação de irregularidades confirmadas por uma auditoria na prefeitura de Grajaú, Mercial Arruda, de uma só vez, demitiu:

 

Kleber Barros Albuquerque, Secretário de Educação, Flávio Henrique Santos Silva(amigo pessoal de Ricardo Arruda), homem “forte” da controladoria e Thomas Edson de Araújo e Silva Júnior, do setor de licitação.

 

Nesta área específica de tributos da Prefeitura de Grajaú(MA), tudo era comandado pela mesma empresa, que estranhamente ganhava todas licitações do município.

 

No lugar, é cobrado uma grande quantidade de impostos e a gestão, não consegue transformar estas arrecadações em melhorias das zonas urbana e rural de Grajaú.

 

– Ricardo Arruda

A política tributária da Prefeitura é alta, ninguém consegue em plena pandemia, pagar tanto imposto, a carga tributária aplicada pela gestão Mercial, sob o comando e coordenação, do super secretário de administração, Ricardo Arruda, filho do Prefeito.

 

A pressão na classe produtiva e moradores, é grande, o que não se observa na cidade, são investimentos com dinheiro arrecadado dos impostos, serviço não tem … a buraqueira toma conta de todos os lados do centro e bairros Grajauenses.

 

O prefeito Mercial Arruda, foi reeleito, recebeu a administração dele mesmo, todo mundo sabe que o comandante dos impostos, é o filho do Prefeito, Secretário de Administração, Ricardo Arruda, que se apresenta como pré-candidato a Deputado Estadual.

 

Um grande esquema de funcionários fantasmas em parceria com empresas privadas, segundo informações, foi descoberto pelo “Véi”, terceirização de “araque”, alguém recebia o dinheiro, tudo era divido com o grupo.

 

O esquema pode ter movimentado milhões. O Ministério Público Estadual e Federal, deve receber informações sobre licitações do município de Grajaú(MA).

 

Coincidência ou não, são as mesmas empresas , que costumam ganhar, exemplos, limpeza pública e merenda escolar.

 

O ministério Público Estadual, precisa saber o resultado de uma auditoria feita por uma empresa piauiese, o próprio Prefeito, Mercial Arruda, tomou conhecimento da investigação, ficou indignado com o resultado.

 

Por conta própria, segundo fontes, o “Pé de Coco”, constatou todas as irregularidades, motivação do afastamento dos auxiliares.

 

– Pai e filho

 

Chateado com as demissões dos amigos, feitas por Mercial, o filho do prefeito, Ricardo Arruda, encaminhou uma carta de demissão ao pai, pedindo afastamento dele do cargo Secretário de Administração do município.

 

A assessoria da Prefeitura de Grajaú, não confirmou ainda, se o prefeito atendeu o apelo do filho, que se mandou para São Luís.

Ricardo Arruda, que nunca foi nada na política, quer ser Deputado Estadual, apoiado por alguns apadrinhados do poder e o caixa da campanha vem de onde?

 

O cara em plena pré-campanha, tomou conta de vez da gestão do pai, que não mandava mais em nada.

 

Chegou ao cúmulo de Ricardo, sem ser Prefeito, se passava como garoto propaganda da Prefeitura de Grajaú, preste atenção, todo comercial da gestão na TV, Rádio e Internet, estava na linha de frente, em qualquer ocasião, a assessoria de comunicação, recebe ordem para entrevistá-lo.

 

O “quase” Prefeito, administrava com mão de ferro, faltando dois anos para as eleições de 2022, já exigia apoio dos cargos de confiança da Prefeitura, mesmo sem nenhuma simpatia política e serviço prestado.

 

Assim como foi registrado em Presidente Dutra, em 2018, quando o ex-prefeito Juran Carvalho, quebrou a Prefeitura para o eleger o filho, Ciro Neto como Deputado Estadual, aliás, um péssimo Parlamentar, Mercial Arruda, pode fazer a mesma coisa em Grajaú, endividar a Prefeitura para bancar uma pré e campanha, sem perspectiva do filho, que pode, está fazendo caixa para comprar lideranças e tentar se eleger Deputado.

 

Ricardo Arruda, já negociava no financeiro, apoio de lideranças de Itaipava do Grajaú, Formosa do Serra Negra e Arame. Este dinheiro da compra de lideranças vem de onde? Com a palavra o Ministério Público Estadual e os Vereadores independentes de Grajaú (se tiver algum)…

 

A coisa estava tão escancarada que Flávio Henrique – o Controlador do Município, que foi demitido, estava construindo uma casa muito boa em um dos condôminos da cidade, as fotografias abaixo confirmam à construção.

 

O detalhe importante, a engenheira que assina e autoriza a obra, é lotada na prefeitura de Grajaú.

 

Segundo informações, outras demissões, virão na Prefeitura de Grajaú. O “Véi” que já responde vários processos na justiça, tá com medo das futuras broncas.

Categoria: Notícias