Thales Castro | Página 5
Blog do Thales Castro - Thales Castro

UFMA, UFG, FURG e UFSB lançam projeto de mobilidade acadêmica virtual para estudantes de graduação

“As universidades, mesmo sem investimento na ciência, conseguem inovar e dar a sua contribuição. Não tenho a menor dúvida de que esse é um projeto de sucesso”, declarou o reitor Natalino Salgado durante a live sobre o lançamento do Programa de Mobilidade Virtual em Rede das Instituições Federais de Ensino Superior (Promover – IFES), realizada nesta sexta-feira, 29.

 

A transmissão, feita pelo canal da UFG no Youtube, teve a participação dos reitores das Universidades Federais de Goiás (UFG), Edward Madureira, do Maranhão (UFMA), Natalino Salgado, do Rio Grande (FURG), Danilo Giroldo, e Sul da Bahia (UFSB), Joana Guimarães, que aderiram ao programa, bem como das pró-reitoras de Ensino da UFMA, Isabel Ibarra, e UFG, Jaqueline Civardi, no qual discutiram a ideia do projeto e esclareceram dúvidas sobre o projeto, inclusive para aqueles que estavam interagindo por meio do chat do YouTube.

 

O programa, direcionado aos estudantes de graduação, possibilita a mobilidade virtual entre as instituições da rede para cursar disciplinas ou componentes curriculares nos cursos de graduação das quatro instituições de ensino superior participantes do Promover. Com a ação, as universidades apresentaram um projeto piloto que visa facilitar o processo de mobilidade acadêmica, permitindo uma maior integração do sistema de ensino superior e o fortalecimento da Rede e do sistema federal de educação superior.

 

Na ocasião, o reitor Natalino Salgado lembrou que as inovações tecnológicas educacionais pelas quais as universidades tiveram que passar por conta da pandemia da covid-19, de certa forma, contribuíram para o desenvolvimento do projeto. “Esse momento de dificuldade demonstra a capacidade e criatividade da nossa universidade para atender a expansão do conhecimento e com qualidade, estabelecendo um processo de união entre as universidades diante dessa situação.  A criação desse projeto, que nasceu em pouco tempo, e está sendo lançado hoje, mostra fatos ressaltados, como o quesito da integração e a questão da inovação em relação a esse projeto piloto e ele abre novos horizontes para os nossos alunos buscarem conhecimentos”, enfatizou.

O reitor da FURG, Danilo Giroldo, destacou a importância do projeto. “Nós temos a possibilidade de promover, por meio da mobilidade, um diálogo inter-regional e intercultural de altíssima qualidade e relevância para formação dos nossos estudantes e para qualificação do nosso ensino. A universidade não promove simplesmente a formação acadêmica, na verdade, a formação acadêmica é muito potencializada pela formação social, cultural, política, que a vivência universitária traz aos nossos estudantes”, afirmou Giroldo.

 

O aluno interessado pode se matricular em até três disciplinas simultaneamente nas quatro universidades, seguindo as regras dispostas no edital. Inicialmente, o programa oferece 340 disciplinas nas quatro universidades que aderiram ao programa e há 2.130 vagas disponíveis. A inscrição deve ser realizada por meio de um formulário on-line.

 

Para saber mais, acesse o edital.

Programa Nosso Centro vai estimular novos negócios no Centro de São Luís

Além de fomentar a tecnologia da informação e a economia criativa, o Programa Nosso Centro também irá estimular a instalação de centros de pesquisa e empresas de negócios

Na tarde desta quarta-feira (27), o secretário das Cidades e Desenvolvimento Urbano (Secid), Marcio Jerry, e o Secretário de Cultura, Anderson Lindoso, entregaram as chaves de um casarão no Centro Histórico de São Luís a um adotante do patrimônio histórico. O prédio, localizado na rua da Palma, abrigará o Instituto de Estudos Sociais e Terapias Integrativas (Iest), iniciativa que realiza e apoia a implementação de projetos, eventos, ações, programas e pesquisas na área de desenvolvimento humano, econômico, organizacional e social.

 

De acordo com Márcio Jerry todas as ações do Nosso Centro tem uma dimensão participativa e de corresponsabilidade.

 

“O resultado desse trabalho é um ganho social muito grande, pois ao mesmo tempo que o Governo incentiva a moradia e a circulação de pessoas no Centro, automaticamente promove a preservação do patrimônio e também dinamiza a economia gerando trabalho e renda, além de fortalecer as parcerias em prol do patrimônio cultural do nosso Estado”, destacou.

 

O presidente do Instituto de Estudos Sociais e Terapias Integrativa (Iesti), economista e ex-prefeito de São Luís Aziz Santos, declarou que a ação do Governo do Estado configura uma medida essencial para a valorização do Centro Histórico da capital.

 

“Ao mesmo tempo que promove o desenvolvimento sustentável, atraindo novos empreendimentos e negócio, dinamiza a economia gerando receita e oportunidades na área Central da cidade”, elogiou, durante a entrega.

 

Além do secretário Jerry e de Santos, participaram da entrega o secretário da Cultura, Anderson Lindoso, e demais técnicos da Secid.

 

“O Nosso Centro tem investimentos sustentáveis e corretos, para que possamos fazer desse local um local de habitação, um local de trânsito de pessoas e, com ele, possamos revitalizar e sustentar cada vez mais essa região tão importante da nossa cidade”, afirmou o secretário de Cultura, Anderson Lindoso.

Motorista de aplicativo vira refém em assalto em São Luís: ‘me jogaram na mala e me levaram para o mato’

– Carro foi recuperado pela polícia — Foto: Divulgação/ Polícia Militar do Maranhão

Por G1 MA – Um motorista de aplicativo, que não teve a identidade revelada, relatou um assalto no qual foi refém no bairro Vila Vitoria, zona rural de São Luís. Após aceitar uma corrida solicitada por uma mulher, no destino final, o motorista se deparou com quatro homens fortemente armados.

 

Atento aos casos de assalto na região, o motorista passou a fazer questionamentos à passageira. “Aí eu fui indagando ela, perguntando e tal porque, geralmente, quando eu estou desconfiado, geralmente, eu faço isso”, relata o motorista em entrevista à radio Mirante AM.

 

Segundo conta o motorista, a passageira indicou como sendo seu local de destino a rua da União. Nesse momento, o condutor do carro se deparou com quatro bandidos pulando um muro, portando revólver, faca e facão. Ele ainda tentou escapar mas se assustou com o disparo da arma de fogo.

 

“Quando ele deu um tiro, eu bati, me espantei e acabei batendo o carro no muro. O outro veio com a faca para querer me furar, e eu só me esquivei”, detalha.

Márcio Jerry sai em defesa do Banco do Brasil: “Patrimônio da Nação”

Nesta terça-feira (26), o Secretário de Cidades e Desenvolvimento Urbano do Maranhão, Márcio Jerry, reiterou a defesa do Banco do Brasil, após o Governo de Jair Bolsonaro anunciar mais uma reestruturação na instituição, que levará à demissão de 5 mil bancários, fechamento de agências e precarização dos serviços.

 

“O Banco do Brasil é uma das mais sólidas e estratégicas instituições bancárias do Brasil. Absurdo que mais uma vez este patrimônio da Nação seja atacado pelo governo federal O Brasil precisa do BB! Todos em defesa do Banco do Brasil”, declarou o secretário, atualmente deputado federal licenciado.

 

Na última semana, o Sindicato dos Bancários do Estado fez um alerta sobre as consequências do desmonte da instituição no estado, com o esfacelamento do Setor Regional de Tesouraria do Banco do Brasil (Seret) no Maranhão. De acordo com o presidente do Sindicato dos Bancários do Maranhão (Seeb-MA), Eloy Natan, com o esfacelamento do Seret, o desabastecimento de dinheiro nas agências bancárias e nos caixas eletrônicos ocorrerá em breve.

 

Nacionalmente, após a repercussão gerada pelo anúncio de fechamento de agências do banco e dos Planos de Demissões Voluntárias (PDVs), Bolsonaro chegou a ensaiar a demissão do presidente do Banco, André Brandão. Apesar do barulho inicial, o que parece ter realmente mexido com o ex-capitão do Exército era a possibilidade de o projeto de reestruturação atrapalhar seus planos de eleger o deputado Arthur Lira (PP-AL) como presidente da Câmara dos Deputados. Bolsonaro já deixou claro que quer controlar o Legislativo.

 

Os dois PDVs, que alcançarão até 5 mil empregados do Banco, e a promessa de fechamento de 361 pontos de atendimento, sendo 112 agências, no entanto, continuam em andamento, sem qualquer sinal de recuo.

Em Itapecuru, Prefeito Coroba realiza Formação Técnica da equipe da Semed

A prefeitura Municipal de Itapecuru-Mirim por meio da Secretaria Municipal de Educação, realizou na última terça-feira (19), na sede da própria Semed, a 1ª Formação Técnica da equipe da Secretaria de Educação que refletiu sobre, O Novo Normal e a Nova Escola: desenvolvendo as habilidades socioemocionais pós-quarentena, como lidar acolher e dialogar, além de terem tratado sobre recomendações, informações e encaminhamentos para toda equipe interna da Semed.

 

A Formação foi conduzida pelo Professor Hilton César Neves da Silva, que passará, a partir de agora, a integrar a equipe técnica da Secretaria Municipal de Educação de Itapecuru-Mirim.

 

A Secretária Nazaré Ferraz e os superintendentes educacionais, assessores, auxiliares e técnicos da Semed também participaram da Formação.

 

A Formação Técnica se estenderá aos Supervisores e Gestores Escolares a partir desta semana.

Márcio Jerry assina ordem de serviço para conclusão de obras de pavimentação em Caxias

Na sexta-feira (22), o deputado federal Márcio Jerry, atualmente secretário de Cidades e Desenvolvimento Urbano, assinou ordem de serviço para execução de obras de sarjetas e meio fio em ruas no município de Caxias, recentemente pavimentadas.

 

O secretário destacou a importância da obra, visando a garantia da qualidade das obras realizadas.

 

“Vamos fazer agora o meio fio e sarjetas para concluir a obra das ruas que foram pavimentadas, vamos deixar do jeito que a cidade de Caxias merece, do jeito que a população de Caxias merece”, garantiu.

 

A assinatura contou com a presença do deputado estadual Adelmo Soares (PCdoB), que agradeceu pessoalmente a parceria. “Márcio Jerry sempre teve um grande carinho pela cidade de Caxias e tenho certeza que está parceria continuará”, disse Adelmo.

Flávio Dino e Baleia Rossi dialogam sobre defesa da democracia, combate à pandemia e meio ambiente

Na condição de presidente do Consórcio da Amazônia Legal, o governador Flávio Dino trouxe à tona a pauta ambiental no encontro que teve nesta sexta-feira (22) com o deputado federal Baleia Rossi, no Palácio dos Leões, em São Luís.

 

“Vimos com grande preocupação os cortes anunciados no orçamento de 2021 para proteção da Amazônia, do Meio Ambiente. Temos certeza que o deputado federal Baleia Rossi está comprometido com esta pauta de mediação. Nós defendemos a produção brasileira, os produtores brasileiros, defendemos que o Brasil produza alimentos, defendemos o Meio Ambiente. Em torno dessas pautas se dá essa aliança ampla no Maranhão”, pontuou o governador do Maranhão.

 

A importância de um amplo diálogo, a pauta federativa, a defesa da democracia, o combate à pandemia também foram alguns dos temas discutidos entre secretários estaduais, deputados estaduais e federais presentes no encontro. Para o governador, a palavra que define o momento é amplitude, por ser a questão principal no amplo arco de alianças em torno do deputado federal Baleia Rossi, no Maranhão.

 

“Apesar das diferentes visões políticas, temos a mesma visão derivada da questão da democracia, do papel da Câmara Federal e da independência entre os poderes”, assegurou Dino.

 

 

O deputado federal Baleia Rossi agradeceu ao governador pela receptividade no encontro e destacou a importância do diálogo para defesa da democracia e das instituições. “Queremos ter uma Câmara livre, independente para ajudar o nosso país a recuperar a sua economia, superar a pandemia. Vamos trabalhar com independência, harmonia, diálogo. A Câmara forte significa parlamentares fortes para trabalhar em defesa do seu estado, seus municípios e do nosso país”, disse o deputado federal.

Antonio José é recebido pelo presidente do Iterma e viabiliza kits de irrigação para Nina Rodrigues

O empresário e Presidente do PTC de Nina Rodrigues, Antonio José, também conhecido como Feio, foi recebido nesta tarde, pelo Presidente do Instituto de Colonização e Terras do Maranhão (Iterma), Junior Verde.

 

Na oportunidade, Feio levou alguns pleitos que contemplam a classe trabalhadora de Nina Rodrigues, em especial ao homem do campo.

 

Dentre as demandas socilicitadas pelo empresário, o Presidente do Iterma irá liberar de forma imediata, vários kits de irrigação, que são compostos por gotejadores, conexões, filtros e reservatórios, o que contribuirá de forma muito positiva na vida de produtores rurais que serão beneficiados.

 

Para Antonio José, esta é a forma de retribuir ao município de Nina Rodrigues, usando de sua influência política em prol do progresso desta cidade que tão bem o acolheu.

Márcio Jerry anuncia nova etapa do programa Adote um Casarão

Interessados em investir no Centro Histórico de São Luís terão uma nova oportunidade ainda em janeiro. Márcio Jerry, secretário de Cidades e Desenvolvimento Urbano do Maranhão (Secid), anunciou nesta quinta-feira (21) que a pasta lançará na próxima semana mais uma etapa do programa Adote um Casarão.

 

“Entre as muitas ações da Secid estamos intensificando a busca de parcerias para o ‘Adote um Casarão’, no âmbito do programa Nosso Centro. O Governo do Maranhão cederá prédios históricos para ser reformado e utilizado pelo ‘adotante’ por 30 anos. Vamos lançar novo edital na terça, dia 26”, explicou Jerry.

 

O programa é uma das estratégias do governo estadual para preservar o patrimônio e fomentar o empreendedorismo local, ocupando imóveis ociosos no Centro Histórico. Os editais são publicados na página da Secid: www.secid.ma.gov.br

Relatório do TCU aponta que o Prefeito de Turilândia recebeu auxílio emergencial

Um relatório do Tribunal de Contas da União (TCU) mostra que o prefeito de Turilândia, José Paulo Dantas, o Paulo Curió, recebeu uma parcela do auxílio emergencial, no valor de R$ 600,00, mesmo com um patrimônio de meio milhão de reais. O documento do TCU indica que o auxílio foi solicitado pelo aplicativo da Caixa Econômica.

 

O benefício é previsto para pessoas de baixa renda em virtude da pandemia do novo coronavírus. Na legislação que criou o auxílio, o governo limitou o pagamento a quem declarou, patrimônio de menos de R$ 300 mil no Imposto de Renda (IRPF).

 

Em 2020, quando ainda era candidato, Paulo Curió declarou ao TSE patrimônio de meio milhão de reais e, além disso, gastou R$ 117 mil. Mais uma prova de que o prefeito não tinha necessidade de solicitar o auxílio.

 

Segundo o Ministério da Cidadania, aqueles que burlarem a lei devem devolver os valores recebidos de forma indevida.

 

O Polícia Federal e o Ministério Público devem ficar de olho, e a população também, afinal, quem teve coragem de tentar ganhar com a pandemia, pode fazer muito pior com o dinheiro do povo.

 

Do Blog do Werberth Saraiva